Confissão

Por vezes, nos perguntamos e não sabemos como e o que devemos fazer. O Papa Francisco nos diz que “O sacramento da Reconciliação é um sacramento de cura. Quando me confesso é para me curar, para curar a minha alma, o meu coração e algo de mal que cometi.”

Como faço para me confessar?

O Catecismo da Igreja propõe-nos quatro passos para uma boa confissão [303]:

  1. Exame de consciência;
  2. Contrição (ou arrependimento), que inclui o propósito de não voltar a pecar;
  3. Confissão (momento em que o penitente relata seus pecados ao sacerdote);
  4. Satisfação (ou cumprir a penitência).

É importante ressaltar que antes de receber a absolvição (o  perdão) o padre vai solicitar a oração do ato de contrição. Existem várias orações que servem para manifestar a contrição, por exemplo, a seguinte:

Meu Deus, arrependo-me de todo o coração de todos os meus pecados e detesto-os, porque ao pecar, não só mereço as penas que causam, mas principalmente porque te ofendo a Ti, sumo Bem e digno de amor acima de todas as coisas. Por isso proponho firmemente, com a ajuda da Tua graça, daqui em diante não voltar a pecar e fugir de toda a ocasião de pecado. Ámen.

Dias e Horários para atendimento:

  • Terça-feira e Sexta-feira: 14h às 17h30
  • Quarta-feira e Quinta-feira: 14h às 16h
  • Sábado: 08h às 11h

Entre em contato com a Secretaria Paroquial e marque a sua confissão.